COMTUR

CONSELHO MUNICIPAL DE TURISMO – COMTUR
O Conselho Municipal de Turismo de Bento Gonçalves foi criado em 11 de maio de 1965, através da Lei Municipal nº 171/2005.
Atualmente, o Regimento Interno do Conselho foi aprovado através do Decreto 8696 de 10 de Dezembro de 2014.  A atual gestão do Conselho é composta:

  • Presidente: Márcia Ferronato
  • 1º Vice–presidente: Ana Paula Soliman
  • 2º Vice–presidente: Marcelo Dytz Piccoli

A legislação do Conselho segue as modificações impostas pela Lei Municipal nº 2.411, de 28 de dezembro de 1994, tendo somente modificado ao longo dos anos o número de entidades que a compõem.

São atribuições do Conselho:

  • Formular a polítdo Conselho segue as modificações impostas pela Lei Municipal nº 2.411, de 28 de dezembro de 1994, tendo somentica municipal de Turismo, visando criar condições para o incremento e desenvolvimento de atividades turísticas no Município;
  • Propor resoluções, atos ou instruções regulamentares necessários ao pleno exercício de suas funções, bem como modificações ou supressões de exigências administrativas ou regulamentares que dificultem as atividades de turismo;
  • Opinar na esfera do Poder Executivo ou, quando solicitado, do Poder Legislativo, sobre projetos de lei que se relacionem com o turismo ou adotem medidas que neste possam ter implicações;
  • Desenvolver programas e projetos de interesse turístico, visando incrementar o afluxo de turistas à cidade de Bento Gonçalves;
  • Estabelecer diretrizes para um trabalho coordenado pela iniciativa privada, com o objetivo de promover a infra-estrutura adequada à implantação do turismo;
  • Estudar de forma sistemática e permanente o mercado turístico do Município, a fim de contar com os dados necessários para um adequado controle técnico;
  • Programar e executar amplos debates sobre temas de interesse turístico;
  • Manter cadastro de informações turísticas de interesse do Município;
  • Promover e divulgar as atividades ligadas ao turismo;
  • Apoiar, em nome da Prefeitura Municipal de Bento Gonçalves, a realização de congressos, seminários e convenções, de relevante interesse para o implemento turístico do Município;
  • Implementar convênios com órgãos, entidades e instituições, públicas ou privadas, nacionais ou internacionais de turismo, com o objetivo de proceder intercâmbio de interesse turístico;
  • Propor planos de financiamento e convênios com instituições financeiras públicas ou privadas;
  • Emitir parecer relativo a financiamentos de iniciativas, programas e projetos que visem o desenvolvimento da indústria turística, na forma que for estabelecida na regulamentação desta lei;
  • Examinar, julgar e aprovar as contas que lhe forem apresentadas referentes aos planos e programas de trabalho executados;
  • Fiscalizar a captação, o repasse e a destinação dos recursos que lhe forem destinados;
  • Organizar o seu regimento interno.

Entidades que fazem parte do COMTUR
O Conselho tem caráter Consultivo, e conforme estabelecido no seu Regimento Interno, realiza encontros mensais, em locais aleatórios definidos pelos conselheiros, possuindo atualmente em sua composição, 24 entidades, sendo estas representadas por um membro titular e dois suplentes, das esferas governamentais e não-governamentais, conforme quadro a seguir:

  • Secretaria Municipal de Turismo
  • Secretaria Municipal de Agricultura
  • Secretaria Municipal de Educação
  • Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico
  • Secretaria Municipal de Meio Ambiente
  • Bento Convention Bureau
  • Centro da Indústria e Comércio – CIC
  • Câmara de Dirigentes Lojistas – CDL
  • Campus Universitário da Região dos Vinhedos – UCS/CARVI
  • Faculdade Cenecista
  • Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas – SEBRAE
  • SENAC Bento Gonçalves
  • Banco do Brasil S/A
  • Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Bento Gonçalves – STR BG
  • Sindicato dos Representantes Comerciais de Bento Gonçalves – SIRECOM BG
  • Associação Gaúcha de Emissoras de Rádio e Televisão – AGERT
  • Fundação Parque de Eventos e Desenvolvimento de BG – Fundaparque
  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do RS – IFRS
  • Associação dos Produtores de Vinhos Finos do Vale dos Vinhedos – Aprovale
  • Associação Caminhos de Pedra
  • Associação Vale das Antas
  • Associação Caminhos de Faria Lemos
  • Associação de Turismo da Serra Nordeste – Atuaserra
  • Associação Turística Linha Eulália
  • Sindicato Empresarial de Gastronomia e Hotelaria – Região Uva e Vinho – SEGH
  • Sindilojas

Após a publicação do Decreto Municipal nº 7.064 de 21 de dezembro de 2009 e posteriores alterações deste, o Conselho passou a ter a atribuição de analisar as solicitações de cadastro de entidade parceira do município e pedidos de auxílio financeiro de projetos/eventos relacionados com o turismo, bem como a análise das prestações de contas dos projetos aprovados. A partir desse momento o Conselho, visando qualificar sua análise e gestão, estabeleceu critérios e aprovou resoluções e documentos que devem ser seguidos por aqueles que possuem interesse em enviar pedido de auxílio financeiro ou prestação de contas.