Tradicionalismo é tema de mostra na Fundação Casa das Artes

Homenageando os Festejos Farroupilhas 2018, a Fundação Casa das Artes sedia a partir desta segunda-feira, 10, a mostra “Coisas Do Meu Pago”, do artista plástico Anilto dos Santos Caureo. Natural de Palmeira das Missões, Caureo retrata em suas obras a cultura gaúcha, suas matas, seus pampas, as cavalgadas, seu povo e costumes, no estilo abstrato e/ou realístico. As molduras são confeccionadas pelo próprio artista, a partir de madeira de demolição e árvores secas, evidenciando e contextualizando a ligação orgânica do tema.

O artista desenha e faz quadros com pintura a óleo lápis e carvão. Sua veia artística despertou na infância. No entanto, não possuía tintas. Assim, sua mãe teve a ideia de ferver raízes das plantas nativas da região e as transformava em material para que usasse em seus desenhos. De lá para cá, o menino cresceu e transformou seu amor pelo tradicionalismo em arte, onde projeta cenas poéticas da vida do campo.

Além de “Coisas Do Meu Pago”, Caureo realizou a exposição “Chama Que Não Se Apaga”, em 2015, em diversos municípios e entidades do Rio Grande do Sul.

Serviço
O que: Coisas Do Meu Pago, de Anilto dos Santos Caureo
Quando: 10 a 30 de setembro
Horário: 8h às 11h45 e das 13h30 às 17h45
Onde: Fundação Casa das Artes – Rua Herny Hugo Dreher, 127, bairro Planalto

Entrada gratuita

Assessoria de Comunicação Social
Fotos: Divulgação/SECULT/Fundação Casa das Artes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *