Número de agroindústrias cadastradas no Selo Sabor de Bento cresce 42% em 2018

Desde sua criação em 2013, o número de agroindústrias cadastradas no Programa Selo Sabor de Bento tem demonstrado crescimento durante os anos. Com o intuito de incentivar a comercialização e o reconhecimento dos produtos locais, a iniciativa, que contava com a marca de 19 estabelecimentos inclusos em 2017, apresentou um aumento de 42% no número de adesões, saltando para 27 agroindústrias em 2018.

Paralelamente ao aumento, em dezembro do ano passado, Bento Gonçalves recebeu um reconhecimento no Prêmio Prefeito Empreendedor do Sebrae pelo projeto. “Esses resultados positivos que o Selo Sabor de Bento está demonstrando têm evidenciado que a parceria entre a Secretaria da Agricultura, Emater, Vigilância Sanitária e outros órgãos, está incentivando cada vez mais os produtos do nosso interior”, ressalta o secretário de Desenvolvimento da Agricultura, Dorval Brandelli.

Apesar de a iniciativa contemplar produtos de origem vegetal e sucos, a Prefeitura também dispõe de alternativas que abrangem a produção de origem animal como ovos, leites, carnes, pescados, entre outros. Por meio do Serviço de Inspeção Municipal (SIM), os estabelecimentos interessados em se regularizar recebem orientações que vão desde procedimentos legais até questões relacionadas às boas práticas de higiene e manipulação.

Relacionado ao trabalho desenvolvido pelo órgão, o número de registros também manifestou acréscimo. Em 2018, a quantidade de empresas cadastradas no setor passou de nove para 16, o que representa um aumento de 77%.

Além disso, o setor também atua na fiscalização periódica dos locais. De janeiro a outubro de 2018, foram realizadas 335 vistorias que envolvem questões como higiene do local e do manuseio na preparação dos produtos, bem como as condições do espaço de forma a atender aos critérios técnicos exigidos.

Outro destaque foi à indicação de mais dois estabelecimentos ao Sistema Unificado Estadual de Sanidade Agroindustrial Familiar, Artesanal e de Pequeno Porte (SUSAF), o que permite a comercialização dos produtos em todo o território estadual. Atualmente quatro estão aptos: Queijaria Valbrenta, Fidare, Razzera e Zaccaron.

Assessoria de Comunicação Social da Prefeitura

Fotos: Franciele Gonçalves e Laura Kirchhof 

Deixe uma resposta